06.07.2018 | 11h57

Bolsonaro explica proposta sobre STF (2)

Jair Bolsonaro insiste ao BR18 que, a despeito das críticas sobre o caráter autoritário da proposta de elevar de 11 para 21 o número de ministros do STF –e nomear de uma só vez dez integrantes da Corte–, ele acredita que é preciso “equilibrar o jogo” no tribunal.

“É preciso que cada um volte ao seu quadrado. Ministros do Supremo não são semideuses”, afirma, repetindo frase de seu adversário Ciro Gomes (PDT). Ele critica decisões em que o STF, a seu ver, legislou, usurpando funções do parlamento. Usou como exemplos a decisão que considerou inconstitucional o voto impresso e recente decisão de Luis Barroso sobre aborto. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO