16.10.2018 | 10h54

Bolsonaro eficaz ao aumentar rejeição

“Entretanto, alguns dos indicadores na pesquisa Ibope podem ser observados com mais atenção. Note-se que a rejeição a Haddad agora é maior do que a de seu adversário: 47% dos pesquisados afirmam que não votariam nele em hipótese alguma enquanto que para Bolsonaro a rejeição é de 35%”, escreveu Luiz Bueno no Estadão.

Na leitura do professor de filosofia, a pesquisa parece indicar que Bolsonaro é mais eficaz do que Haddad em provocar o aumento da rejeição do concorrente. Com isso, se persistirem estes números, o ex-capitão pode vencer a corrida presidencial com larga margem de vantagem.


Notícias relacionadas
VOLTAR PARA O ESTADÃO