22.07.2018 | 14h06

Bolsonaro e o mapa metalogenético

Jair Bolsonaro usou em vários momentos em seu discurso na convenção que oficializou sua candidatura à Presidência o mapa metalogenético feito pelo Exército, que costuma citar em palestras e entrevistas com as jazidas de minerais (como o nióbio) no Brasil. O nióbio é considerado um recurso estratégico. Se misturado ao ferro, cria uma espécie de superliga, mais leve e resistente que o aço comum.


VOLTAR PARA O ESTADÃO