20.02.2019 | 12h56

Bolsonaro diz que errou no passado ao não apoiar Previdência

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira, 20, que errou ao feito oposição a reforma da Previdência quando era deputado federal. Ao entregar nesta manhã a proposta de seu governo ao Congresso, Bolsonaro pediu apoio para aprovação do texto e afirmou que, se à época em que era parlamentar tivesse o conhecimento de hoje sobre a situação da Previdência, teria avalizado mudanças na aposentadoria.

“Foi um gesto de humildade do presidente admitir que, no passado, errou sobre a Previdência. Ele disse que, como parlamentar, não compreendeu a importância da reforma”, analisa Baleia Rossi (SP), líder do MDB na Câmara. O deputado participou da reunião em que Bolsonaro e os ministros Paulo Guedes (Economia) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil) apresentaram a proposta aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e a líderes partidários, informou o Broadcast Político.


VOLTAR PARA O ESTADÃO