23.10.2018 | 20h29

Bolsonaro contra os ‘coitadismos’

Jair Bolsonaro já havia prometido acabar com os “ativismos”. Desta vez o foco foi o que o presidenciável do PSL chamou de “coitadismos”. Em entrevista para à TV Cidade Verde, do Piauí, Bolsonaro disse que as medidas afirmativas defendidas por movimentos sociais acabam estimulando ainda mais os preconceitos.

“Isso não pode continuar existindo. Tudo é coitadismo. Coitado do negro, coitada da mulher, coitado do gay, coitado do nordestino, coitado do piauiense”, disse Bolsonaro, para quem a melhor forma de combater o racismo é não tocar no assunto.


Mais conteúdo sobre:

Jair BolsonaroPSL
VOLTAR PARA O ESTADÃO