14.10.2018 | 09h06

Bolsonaro contra-ataca

Acusado de “anti-democrático” por adversários e analistas, Jair Bolsonaro contra-atacou ao invés de apenas se defender. Para o candidato do PSL, seu adversário é quem tem os indícios de não morrer de amores pela democracia.


“Há vários sinais que indicam que um governo tem viés autoritário. Aliança com ditaduras, o controle da mídia, desarmamento dos cidadãos, aparelhamento das instituições e a corrupção como forma de anular os poderes”, disse Bolsonaro. “São exemplos, e todos estão presentes no PT. Repudiamos tudo isso!”, afirmou.

VOLTAR PARA O ESTADÃO