22.10.2018 | 12h58

Bolsonaro concentra grupos

De acordo com a Safernet, associação civil de combate a crimes cibernéticos contra os direitos humanos, existe cerca de 1 milhão de grupos públicos, sem contar os privados, ligados aos presidenciáveis e a candidatos estaduais no Brasil, sendo que 20% deles são de apoio ao candidato Jair Bolsonaro, informa o Valor.

A entidade sugeriu ao aplicativo WhatsApp a redução de 9.999 para 499 o número máximo de grupos que podem ser criados por um único número de telefone à luz das acusações de que empresas estariam disparando mensagens para favorecer determinados candidatos de forma ilegal. Alerta também sobre a existência de números de estrangeiros ocupados com disseminação de informações falsas.

 


Mais conteúdo sobre:

SaferneteleiçõesJair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO