25.10.2018 | 08h20

Bolsonaro 14 vezes mais

Criticado por “esconder” Geraldo Alckmin (PSDB) em sua campanha no primeiro turno e por tentar “pegar carona” na popularidade de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo, o candidato tucano ao governo de São Paulo, João Doria, citou 14 vezes mais o nome do ex-capitão do que o de Alckmin nas redes sociais desde o início da campanha.

Levantamento feito pelo Estadão em mais de 350 publicações e 250 vídeos divulgados nas páginas de Doria no Twitter e Facebook constatou 57 citações do ex-prefeito a Bolsonaro, ante apenas quatro ao ex-governador paulista.


VOLTAR PARA O ESTADÃO