12.09.2018 | 18h26

Bolsonaristas questionam grupo de mulheres

Apoiadores de Jair Bolsonaro questionam a organicidade do grupo Mulheres Unidas Contra Bolsonaro, do Facebook. Alegam que o grupo já existia anteriormente, com mais de 1 milhão de seguidores, e teve o nome mudado para o protesto contra o candidato do PSL.

Um indicativo disso seria o fato de que o número de seguidores estaria em queda.


VOLTAR PARA O ESTADÃO