07.07.2018 | 17h57

Boa notícia: nada de rede nacional de TV

A três meses das eleições, agentes públicos estão proibidos, a partir deste sábado, de convocar redes nacionais de rádio e TV para pronunciamentos, a não ser em casos urgentes previamente autorizados pela Justiça Eleitoral. O Poder360 fez uma reportagem com todas as restrições que a lei eleitoral estabelece a partir desta etapa da pré-campanha. Também estão vedadas contratações e demissões de servidores e transferência voluntária de recursos entre entes federados.


VOLTAR PARA O ESTADÃO