26.11.2018 | 08h32

Bloqueados seguem no ar

Conteúdos — em imagem e vídeo — enganosos que foram bloqueados nas redes sociais a pedido do TSE durante o período eleitoral continuam no ar em endereços diferentes.

O Estadão identificou pelo menos dez casos em que, mesmo com a determinação judicial, o conteúdo foi compartilhado por outros usuários da rede social, mantendo o engajamento na internet em torno de informações comprovadamente falsas.


VOLTAR PARA O ESTADÃO