05.02.2019 | 14h02

Blindagem da reforma da Previdência?

A equipe econômica tenta blindar a reforma da Previdência do risco de judicialização da proposta no STF, informa o Estadão/Broadcast. Durante jantar do ministro Paulo Guedes com o ministro Dias Toffoli, o titular da Economia ouviu do presidente do Supremo que a reforma deve respeitar cláusulas pétreas da Constituição.

Quanto à Previdência, um dos pontos de maior preocupação da área econômica é com a proposta de criação de regras diferenciadas para o público que recebe o Benefício da Prestação Continuada (BPC), concedido a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda. Pela minuta da PEC da reforma, o valor do benefício não ficará mais atrelado ao salário mínimo, como é hoje. Toffoli propôs um pacto federativo. Ele é defensor da reforma da Previdência, fiscal e tributária para equilibrar as contas, atrair investimentos e recolocar a economia brasileira nos trilhos.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO