14.02.2019 | 20h00

Bebianno: ‘O presidente não morrerá presidente’

Jogado aos leões em meio a crise no governo com os candidatos laranjas do PSL, o ministro Gustavo Bebianno continua a atirar.  E troca de tiros parece especialmente acirrada com o presidente Jair Bolsonaro. Bebianno respondeu a afirmação dada na última quarta-feira, 14, pelo presidente de que, caso seja comprovado o envolvimento de seu ministro com o caso, Bebianno terá que “voltar às origens. Para a revista Crusoé, o atual titular da Secretaria-Geral da Presidência afirmou que “todos voltaremos às nossas origens”. “O presidente não morrerá presidente”, disse.

“Eu imagino que ele esteja com esse medo (do caso respingar nele). Eu imagino que ele esteja com essa preocupação infundada. Alguém botou minhocas na cabeça dele em relação a esse assunto. Por que ele não tem essa preocupação em relação a Minas Gerais? “, afirmou.


VOLTAR PARA O ESTADÃO