09.11.2018 | 08h10

Bebianno ganha espaço

O ex-presidente do PSL Gustavo Bebianno, advogado de Jair Bolsonaro e um de seus mais próximos conselheiros, ganhou assento no comando da transição –atendendo, agora, ao plano original de uma coordenação tríplice, que informamos aqui no BR18 logo após o segundo turno. A terceira ponta do comando cabe a Paulo Guedes na área econômica.

Foi uma forma de Bolsonaro reforçar a importância do aliado, que, depois de ser cotado para o Ministério da Justiça, viu a pasta ser robustecida e entregue ao juiz Sérgio Moro, e perdeu o comando provisório do PSL. Agora se avalia uma pasta para ele no Planalto, próximo ao presidente. / V.M.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO