24.08.2018 | 16h15

Bater em Haddad não interessa

Desconhecido e com pouca intenção de voto, Fernando Haddad (PT) deve ser poupado de críticas dos candidatos à Presidência. Reportagem do Valor mostra que a indiferença ao petista pode ser a melhor abordagem dos adversários. Falar mal do petista só ajudaria a colocá-lo sob os holofotes, e o desconhecimento do candidato é uma de suas maiores fraquezas.

Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) têm um motivo a mais para não mexer com ele: querem herdar votos de eleitores de Lula, então não podem bater no possível candidato do PT.


VOLTAR PARA O ESTADÃO