30.05.2018 | 15h56

Brasil quer ser mais amigo de Kim

Donald Trump pode ameaçar cancelar a conversa com Kim Jong-un, mas o líder norte-coreano poderá na ausência do presidente americano bater um papo com os senadores brasileiros. O Senado aprovou nesta quarta-feira, 30,  a criação do Grupo Parlamentar de Amizade Brasil-Coreia do Norte.

A PRS 18/2018 foi proposta pelo senador, ex-presidente e pré-candidato Fernando Collor e quer incentivar e desenvolver as relações bilaterais entre os Poderes Legislativos dos dois países. Collor esteve na Coreia do Norte em missão oficial no fim de abril.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

Fernando Collor
VOLTAR PARA O ESTADÃO