13.11.2018 | 18h13

Bate-boca por Escola sem Partido

O relator do projeto Escola sem Partido, deputado Flavinho (PSC-SP), chamou a deputada Erika Kokai de mentirosa após a parlamentar afirmar que o texto busca “criminalizar” professores. “Mentirosa e dissimulada”, gritou o autor de substitutivo com seis “deveres” a professores. A sessão foi interrompida por causa do início da ordem do dia no plenário.

Para saber o que diz o projeto, clique aqui.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO