31.08.2018 | 19h33

Barroso vota pela inelegibilidade de Lula

O ministro Luís Roberto Barroso votou por indeferir o registro de candidatura de Lula. “Está inelegível”. Relator do caso do ex-presidente na Justiça Eleitoral, ele não acolheu três teses subsidiárias apresentadas pela defesa, incluindo a obrigatoriedade de atender a recomendação do Comitê de Direitos Humanos da ONU. Ele também destacou que mesmo que Lula estivesse solto, isso “não teria repercussão no plano eleitoral”. Faltam os votos dos outros ministros.


Mais conteúdo sobre:

LulaLuís Roberto BarrosoTSE
VOLTAR PARA O ESTADÃO