14.11.2018 | 15h28

Banco Mundial para salvar Estados?

O governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), disse que conversou com o presidente eleito sobre uma proposta de financiamento do Banco Mundial aos Estados brasileiros que se encontram em uma situação fiscal calamitosa. Contudo, o Tesouro Nacional estipula critérios para assegurar empréstimos, como a observância à Lei de Responsabilidade Fiscal.

O Estado de Goiás, segundo Caiado, pode ter dificuldade de cumprir com a folha de pagamento e deve ficar sem verba para investir em saúde e outras áreas. “Há Estados reprovados na avaliação e não têm como ter aval para receber empréstimos”, informou o Broadcast Político.


VOLTAR PARA O ESTADÃO