21.03.2018 | 13h48

Baldy diz que fica, mas ninguém bota fé

Recém-nomeado para o Ministério das Cidades, Alexandre Baldy tem dito a Michel Temer e aos ministros palacianos que ficará no posto e não disputará a eleição, mas ninguém compra essa promessa pelo valor de face.

Fosse essa a real disposição de Baldy, considerado um soldado de Rodrigo Maia no governo, não haveria razão para sua intensa costura partidária –ele está no PP e é um dos mentores do “bloco” que seu novo partido e o DEM de Maia construíram para tentar se fortalecer mutuamente nas negociações eleitorais. /V.M.


Mais conteúdo sobre:

reforma ministerialEleições 2018
VOLTAR PARA O ESTADÃO