14.08.2018 | 11h07

Aula com Lewandowski

Defensor do reajuste salarial de 16,33% de seus pares, o ministro Ricardo Lewandowski foi interpelado por um aluno sobre penduricalhos pagos à magistratura durante uma aula na USP, relata a Folha.

O rapaz sugeriu que o ministro doasse o mesmo valor do auxílio-moradia (R$ 4.377) às melhorias do alojamento estudantil da Faculdade de Direito da USP. Lewandowski respondeu que os ministros do STF não recebem o benefício e reiterou que os salários na Corte estão defasados.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

Ricardo Lewandowskireajuste salarial
VOLTAR PARA O ESTADÃO