19.02.2019 | 14h49

Áudios já revelam ‘seguro’ de Bebianno

Em todas as falas de Gustavo Bebianno nos áudios vazados pelo site da revista Veja se percebe uma preocupação em ser didático, falar em “paz”, se eximir do caso do laranjal apontando a cadeia para a liberação de recursos –e jogando a responsabilidade para Luciano Bivar–, e apontar Carlos Bolsonaro como o conspirador contra o governo do pai. Em resumo, o ex-ministro fez um seguro, sobretudo depois do tuíte do filho o acusando de mentiroso, pronto para ser vazado depois.

Bebianno usou a arma que Carluxo sacou contra ele para fustigar o pai e o filho. Lembrando sempre que a fera ferida –em relação à qual nem o acordo da “saída honrosa” foi cumprido, já que o vídeo-desagravo nunca foi postado nas redes da família– foi advogado de Bolsonaro, coordenador da campanha e presidente do partido. E tem tudo anotado e guardado, como já fez questão de frisar. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO