16.03.2018 | 06h13

Atos reúnem milhares por Marielle: a volta do povo nas ruas?

Manifestações de protesto pelo assassinato da vereadora Marielle Franco levaram multidões às ruas em várias capitais do país, como não acontecia desde 2015, nos atos pelo impeachment de Dilma Rousseff.

Publicações associaram os atos por Marielle às jornadas de 2013, e discutem se a morte da vereadora pode ser um novo catalisador, às vésperas das eleições, para levar as pessoas de volta às ruas.

Eliane Cantanhêde trata disso em sua coluna no Estadão: “O que realmente causou comoção nacional e levou os brasileiros de volta às ruas foi o assassinato de Marielle Franco”. Fernando Rodrigues, no Poder 360, compara os atos às jornadas de 2013, e Josias de Souza, em seu blog, trata do efeito negativo do caso Marielle para a recuperação da imagem de Michel Temer.


VOLTAR PARA O ESTADÃO