30.11.2018 | 12h52

Atos ilícitos na Petrobrás

Cerca de 300 funcionários da Petrobrás foram responsabilizados por irregularidades investigadas pela companhia desde dezembro de 2014, após a criação do comitê especial de investigações independentes.
A responsabilização pode variar entre demissão por justa causa, suspensão ou advertência escrita. Foi a primeira vez que a companhia divulgou balanço do número de funcionários responsáveis por atos ilícitos, informou o Valor.


VOLTAR PARA O ESTADÃO