08.09.2018 | 09h51

Mudança no tom após atentado

O atentado ao presidenciável Jair Bolsonaro levou os demais candidatos a mudar o tom das campanhas. Segundo reportagem da Folha, a avaliação é de que os ataques a JB neste momento podem ser mal recebidos pelos público e já provocaram alterações nos programas eleitorais que foram ao ar no feriado de 7 de setembro.

Os partidos deverão fazer pesquisas qualitativas, com grupos de eleitores, para aferir o impacto do atentado na disputa presidencial. As equipes de campanha de Alckmin, Marina e Ciro fizeram reuniões para definir o tom que será adotado nos primeiros dias de comoção por causa do atentado. / J.F.


Mais conteúdo sobre:

BolsonaroalckminMarinaCiro
VOLTAR PARA O ESTADÃO