19.04.2018 | 18h40

Até tu, Toffoli?

No mesmo dia que o TRF-4 rechaçou os embargos infringentes para Zé Dirceu, o ministro do STF, Dias Toffoli negou liminar do ex-ministro para não ser preso após a conclusão do julgamento em 2ª instância.

Assim como aconteceu com o voto de Rosa Weber no caso do ex-presidente Lula, Toffoli decidiu com base no princípio de colegialidade, apesar de ser contra esse entendimento.


Mais conteúdo sobre:

Dias Toffoli
VOLTAR PARA O ESTADÃO