31.08.2018 | 16h08

Até terceirização é ‘golpe’ para Manuela

Depois que o PT e seus aliados resolveram chamar de “golpe” o impeachment de Dilma, realizado dentro das regras constitucionais em pleno regime democrático, qualquer coisa agora vira “golpe” no Brasil. Para a deputada estadual Manuela D’Avila, do PC do B, vice do vice de Lula na disputa pelo Planalto, o caso da aprovação da terceirização irrestrita pelo STF,  não foge à regra.


“Supremo acaba de aprovar a terceirização das atividades fim. Mais um golpe gravíssimo contra o trabalho”, afirmou em seu perfil no Twitter. “O terceirizados ficam 2,6 anos a menos no emprego, trabalham três horas a mais por semana e ganham 27% menos.” / J.F.

VOLTAR PARA O ESTADÃO