29.07.2018 | 09h49

Até suplente vai abocanhar Fundo Eleitoral

No Senado, a criação do Fundo Eleitoral para financiar as campanhas está mudando a composição das chapas, mostra a Coluna do Estadão. Com o dinheiro, as vagas de suplente já fazem parte das negociações de apoio, já que agora não é preciso gastar dinheiro do próprio bolso para tentar a vaga. Marconi Perillo (PSDB-GO) e Eunício Oliveira (MDB-CE), por exemplo, admitem que vão negociar as posições com seus aliados.


VOLTAR PARA O ESTADÃO