29.10.2018 | 08h36

Até Maduro deu parabéns. Haddad não

Para se entender como funciona a política: mesmo satanizado pelos bolsonaristas, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, deu parabéns a Jair Bolsonaro pela eleição. Sufocado politicamente, obviamente, tenta construir algum tipo de ponte com o novo governo.

Já Fernando Haddad, derrotado ontem e de olho em 2022, não quer construir relação nenhuma e decidiu não cumprimentar o adversário pela vitória. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

BolsonaroHaddadMaduro
VOLTAR PARA O ESTADÃO