30.09.2018 | 22h53

Até Boulos atira em petista

Até Guilherme Boulos deu um sabão em Fernando Haddad no segundo bloco do debate da Record. Criticou a aliança do petista com  nomes do MDB de Michel Temer, como Eunício Oliveira e Renan Calheiros e disse que o PT deveria admitir parte da responsabilidade pelo surgimento e a ascensão de Jair Bolsonaro. “É preciso reconhecer os erros do passado para não repeti-los no futuro”, diz ele.

Haddad tergiversou e deu um jeito de dizer que os governadores do PT têm boa avaliação, por isso atraem apoio de vários partidos. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO