28.11.2018 | 19h16

Até agora, tudo igual para indulto no STF

A sessão do plenário do Supremo que julga o indulto natalino ficou para amanhã. Até o momento o placar está em 1 a 1. O ministro e relator Luís Roberto Barroso votou pela manutenção do veto, que exclui do perdão os criminosos do colarinho branco. Já Alexandre de Moraes votou por rejeitar a ação contra o indulto. A sessão foi suspensa pelo presidente Dias Toffoli e será retomada nesta quinta-feira, com o voto de Edson Fachin.


Mais conteúdo sobre:

STFIndulto natalino
VOLTAR PARA O ESTADÃO