29.04.2018 | 13h17

Ataque a vigília é inaceitável

A radicalização política chega ao limite quando grupos rivais parte para o ataque a balas, como ocorreu no sábado com os tiros contra a vigília pró-Lula em Curitiba. Ao tratar o assunto, Merval Pereira classifica o episódio como inaceitável.

“A radicalização da política, à esquerda e à direita, não é aceitável numa democracia, e é preciso que os lideres partidários entendam que não podem esticar a corda até onde o Estado de Direito não aguentar.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO