03.08.2018 | 08h19

Assessor de Bolsonaro comanda página de ódio

A página do Facebook “Bolsonaro Opressor 2.0”, que usa memes agressivos, incluindo xingamentos contra opositores, artistas e jornalistas, agradou ao candidato. Em 2017, Bolsonaro nomeou um dos responsáveis pela página para ser secretário parlamentar me cargo comissionado, revela O Globo. Entre os posts da página, que tem também perfil no Instagram, há críticas a Marielle Franco um dia depois de seu assassinato.


VOLTAR PARA O ESTADÃO