27.07.2018 | 08h25

As últimas ações de Fux no TSE

O ministro Luiz Fux fica à frente do Tribunal Superior Eleitoral até o próximo dia 14, quando será substituído por Rosa Weber, e já começa a fazer um balanço de seu trabalho. Segundo o Valor, ele destaca sua defesa à Lei da Ficha Limpa e se dedicou ao combate de fake news. Apesar de dizer que o tribunal será “célere” até o fim de seu mandato, não deu prazo para uma reposta sobre a possibilidade ou não de candidatura de Lula.


VOLTAR PARA O ESTADÃO