04.08.2018 | 19h43

Alckmin contra ‘quem dá murro na mesa’

Em seu primeiro discurso como candidato ao Planalto neste sábado, 4, o tucano Geraldo Alckmin fez um discurso repleto de críticas — aparentemente dirigidas a Jair Bolsonaro, do PSL — a quem diz que vai governar de forma isolada, com apoio apenas da tropa de choque que o apoia.

“Ainda hoje na América Latina, vemos degenerar regimes conduzidos por quem promete dar murro na mesa, dizendo que faz e acontece, que pode governar sozinho, ou acompanhado apenas por um grupo de fanáticos”, disse, segundo o Estadão, durante a Convenção Nacional do PSDB que oficializou o seu nome como representante da legenda na disputa. “Gente assim quer é ditadura. Ditadura que logo degenera em anarquia. Precisamos da ordem democrática, que dialoga, que não exclui, que tolera as diferenças”, disse o tucano. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO