05.06.2018 | 14h12

As críticas à Petrobrás e o recorde do pré-sal

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) informou na quarta-feira, 4, que a produção do pré-sal cresceu 2,3% em abril em relação a março, quando Pedro Parente ainda estava à frente da companhia, e quebrou novo recorde.

Segundo a ANP, foram produzidos 1,423 milhão de barris de petróleo por dia e 58 milhões de metros cúbicos diários de gás natural por meio de 86 poços. A produção no pré-sal correspondeu a 54,4% do total produzido no Brasil. E depois Lula ainda manda recado por meio de Dilma dizendo-se “indignado com o que foi feito com a Petrobrás”. É mole? / José Fucs

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO