27.09.2018 | 18h46

‘Críticas a Bolsonaro têm de parar’

O tucano Cássio Cunha Lima, ex-governador da Paraíba e vice-presidente do Senado, afirmou nesta quinta-feira, 28, que discorda da estratégia de Alckmin de atacar  Bolsonaro e defendeu mudanças na reta final da campanha. “A mudança que u faria seria uma concentração firme na nossa linha histórica de crítica ao PT”, disse à Folha. “As críticas (a Bolsonaro) têm que (parar).”

“Em dado momento, a campanha do Alckmin se contrapôs ao eleitor histórico do PSDB. O PSDB não pode cometer o erro de achar que tem a absoluta desse eleitor. Ele precisa ser conquistado, cativado. Como? À medida que nos apresentemos como, de fato, uma alternativa anti-PT, coisa que o Bolsonaro está conseguindo fazer com mais competência.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO