27.06.2018 | 14h59

As contradições de Meirelles

O pré-candidato do MDB à Presidência, Henrique Meirelles, bate na tecla da defesa da Lava Jato, mas têm algumas ações que o contradizem, avalia Míriam Leitão em sua coluna no jornal O Globo. A proximidade com Romero Jucá e a possibilidade de aliança com Luiz Fernando Pezão e Leonardo Picciani são alguns exemplos.

Outro ‘furo’ apontado pela jornalista no discurso de Meirelles são as críticas ao governo Dilma e a falta delas ao governo Lula, do qual Meirelles fez parte.


VOLTAR PARA O ESTADÃO