31.07.2018 | 19h50

As contas de Meirelles

A dois dias da convenção que vai homologar sua candidatura pelo MDB, Henrique Meirelles passou a noite reunido com aliados do partido, como o presidente da legenda, Romero Jucá, e o ministro Carlos Marun, para checar a contabilidade dos votos que deve ter. Michel Temer chegou a cogitar participar da reunião, mas acabou não podendo comparecer.

Mesmo calculando que pode haver ausências de emedebistas na convenção, o ex-ministro calcula que dá para chegar em até 480 votos de 600 possíveis. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

convenção do MDBHenrique Meirelles
VOLTAR PARA O ESTADÃO