14.08.2018 | 06h28

As agruras dos vices

Foi-se o tempo dos vices decorativos. Além de ascenderem ao poder, como ocorreu com Michel Temer, os companheiros de chapa também respondem solidariamente com os titulares por investigações contra as chapas. Guilherme Afif e Marcio França acabam de ser incluídos pela promotoria eleitoral de São Paulo no inquérito que investigam suposto repasse de R$ 10,3 milhões por meio de caixa 2 pela Odebrecht para as campanhas de Geraldo Alckmin, como informa o blog do repórter Fausto Macedo no Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO