25.07.2018 | 06h46

Aragão: ao gosto do cliente

Eugênio Aragão, cuja verborragia ficou conhecida no breve período em que foi ministro da Justiça de Dilma Rousseff, agora é advogado de Lula na Justiça Eleitoral. A Coluna do Estadão mostra nesta quarta-feira que, quando era procurador da República eleitoral, ele era contrário à tese que o PT esgrime para insistir na candidatura do ex-presidente: a de que fichas-suja devem ter a candidatura registrada mesmo em contrariedade à lei, com base em liminar.


VOLTAR PARA O ESTADÃO