15.03.2019 | 19h48

‘Aquilo que for bom vai ter nosso apoio’

Enquanto a derrotada Janaina Paschoal aumenta o tom contra os deputados que não votaram nela na eleição para Presidência da Alesp, outros membros do PSL apostaram em um discurso menos “bélico” após a vitória de Cauê Macris (PSDB). O deputado estadual Tenente Coimbra  falou que a postura da bancada será “pró-população” ao invés de colocar o partido quase como oposição ao governo de João Doria.

“Nossa postura vai ser pró-população, vai ser de independência. Aquilo que for um projeto bom, da base governista ou não, vai ter o nosso apoio. Não vamos ser situação por situação, ou oposição por oposição. A nova política não tem disso”, afirmou ao Broadcast Político.


Mais conteúdo sobre:

Tenente CoimbraPSLJoão Doria
VOLTAR PARA O ESTADÃO