04.11.2018 | 13h32

Aproximação Brasil-EUA com Bolsonaro

Em artigo publicado em inglês no site da Bloomberg, o colunista James Stavridis, almirante da Marinha americana e ex-comandante militar da OTAN, diz que a eleição de Bolsonaro “solidificou” a guinada para a direita na América Latina. “Com exceção do México, que frequentemente se move ortogonalmente em relação a seus vizinhos, a maioria dos países da região está se movendo para a direita”, afirma.

“Argentina, Chile, Colômbia e Peru — as economistas mais fortes da América do Sul — todos elegeram presidentes conservadores nos últimos três anos. Até a Bolívia e o Equador de alguma forma viraram para a direita.” Segundo Stavridis, é uma grande mudança que será acompanhada de modo muito favorável pela presidente americano, Donald Trump. “Trump encontrará em Bolsonaro um aliado próximo e as relações estremecidas entre os Estados Unidos e o Brasil deverão melhorar de forma considerável.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO