01.10.2018 | 14h23

Apreensão para o segundo turno

Militares de várias patentes ouvidos pelo Valor, alguns aliados de Jair Bolsonaro, admitem que não vai ser fácil para o candidato passar para o segundo turno sob intenso fogo cruzado dos adversários, mas estão confiantes de que, passando, a disputa final será mais fácil por causa do tempo de TV.

Por outro lado, não vão expressar publicamente o desconforto de alas das Forças Armadas gerado com a ascensão de Fernando Haddad, pois lembram com carinho de momentos de bonança do setor promovidos pelos governos Lula.


VOLTAR PARA O ESTADÃO