08.11.2018 | 15h07

Aposta do PSL para Alerj é preso

Como a aposta do PSL para chefiar a Assembleia Legislativa do Rio, André Corrêa (DEM), teve prisão decretada no âmbito da Operação Furna da Onça, o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL) afirmou nesta quinta, 8, que seu partido vai lançar candidatura própria para a presidência da Alerj.

“A bancada do PSL reafirma que jamais compactuará com o crime organizado nem com as práticas do toma lá da cá da velha política”, afirma em nota o parlamentar, que é presidente estadual do partido no Rio.


VOLTAR PARA O ESTADÃO