28.05.2018 | 15h16

Após crise, Trump move fichas na China

O presidente Donald Trump pressiona para que Pequim compre carne de frango do país no momento em que o segmento no Brasil amarga prejuízo de US$ 350 milhões causado pela paralisação dos caminhoneiros, segundo cálculo da Associação Brasileira de Proteína Animal.

“O movimento pode fazer com que a China se afaste de aliados-chave, como a União Europeia, Austrália, Brasil e Argentina, cujas exportações podem ser atingidas pela manobra de Trump”, afirma o jornal Financial Times.


Mais conteúdo sobre:

frango
VOLTAR PARA O ESTADÃO