05.09.2018 | 15h04

Apoio de Meirelles à lei do aborto

Durante a sabatina Estadão/Faap realizada nesta quarta-feira, 5, o presidenciável Henrique Meirelles, do MDB, afirmou ser contra a liberação do porte de arma e a prisão por consumo de maconha. “Acho que ninguém deve ser preso por consumo e o tráfico deve ser combatido”, disse. “O consumo, em si, de drogas, tem que ser prevenido através de mecanismos de reeducação, no sentido de que as pessoas têm que ser devidamente orientadas em relação a isso.”

Meirelles se declarou também favorável ao “direito da mulher” na questão do aborto. “Acredito que devemos seguir a lei. A lei garante circunstâncias em que a mulher tem direito de fazer o aborto. Aí tem um problema de liberdade individual. E quem tem fé religiosa que é contra o aborto em qualquer circunstância? Pode pregar isso, mas não pode ter isso como política pública, obrigar (outras pessoas a seguirem). Vamos devagar: tem o direito individual”. / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO