22.03.2018 | 06h12

Apagão coincide com filiação de ministro

A apagão que atingiu 13 Estados e afetou ao menos 70 milhões de consumidores coincidiu com o ato de filiação do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

A ida do grupo do ex-pessebista para o PSB, aliás, guarda outras semelhanças metafóricas com o apagão: foi necessária a intervenção do MDB nacional para retirar do comando local o grupo do deputado Jarbas Vasconcelos e lá instalar a turma da família Bezerra Coelho. /V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO