12.07.2018 | 20h04

Anistia Internacional critica autoridades por caso Marielle

Às vésperas do assassinato da vereadora Marielle Franco completar quatro meses, a Anistia Internacional emitiu uma nota batendo duro nas autoridades brasileiras pela condução das investigações sem solução. Segundo comunicado da entidade, o “silêncio após quatro meses sugere descompromisso das autoridades com a solução do caso”.

“A não resolução do assassinato de Marielle Franco demonstra ineficácia, incompetência e falta de vontade das instituições do Sistema de Justiça Criminal brasileiro em resolver o caso. É urgente o estabelecimento de um mecanismo externo e independente para monitorar essa investigação”, afirma a diretora executiva da Anistia Internacional, Jurema Werneck.


VOLTAR PARA O ESTADÃO