19.10.2018 | 08h44

Analógicos ficaram pelo caminho

“Candidatos que apostaram todas as fichas na propaganda de TV ficaram pelo caminho este ano. Celulares e redes sociais atropelaram quem confiou só nas estratégias tradicionais para conquistar votos. As autoridades eleitorais também precisarão reconhecer seu fracasso”, escreveu Bruno Boghossian na Folha.

Para o colunista, as redes sociais foram protagonistas nesta eleição. Foram capazes de deixar políticos tradicionais e analógico sem mandato no próximo ano e mostrou que a Justiça brasileira se atentou tardiamente sobre as fake news.


VOLTAR PARA O ESTADÃO